82955893Podemos dizer que uma em cada cinco pessoas tem algum tipo mais frequente de dor de cabeça que gera incapacidade e compromete a qualidade de vida. Depois de mais de 20 anos dedicados a esses pacientes, percebi que a melhor forma de controlar a doença é por meio da informação aliada ao tratamento correto.

A falta de conhecimento sobre o tema não só leva a crenças infundadas, como pode piorar o quadro de quem sofre do mal. Muitos dos sofredores chegam ao consultório acreditando que sua cefaléia é decorrente das mais diversas causas: sinusite crônica, falta de óculos, mordida errada, mudanças hormonais e até problemas emocionais.

E pior, pensando assim, se entopem de analgésicos, o que quase pode aumentar a frequência da dor e até torná-la diária. Além disso, não raro sofrem toda sorte de intervenções como tirar os dentes, útero, vesícula biliar e ovários desnecessariamente, usar por anos aparelhos ortodônticos caríssimos, tratar e operar sinusites inexistentes e outras condutas estapafúrdias e prejudiciais. Porém, na grande maioria dos casos, nada disso era necessário, o que explica tantas pessoas se frustrarem na busca pelo alívio.

Pensando nelas, resolvi preparar um novo livro com as informações mais atuais em termos de causas, diagnóstico e tratamento da dor de cabeça. Nele, explico em linguagem clara e objetiva como identificar a doença e compreender seu funcionamento,  indicando os meios mais eficazes de tratá-la. A enxaqueca, por exemplo, que provoca tanta incapacidade e prejuízos, é na verdade uma doença genética, química e crônica do cérebro, que pode ser controlada com sucesso.

Apresentando conceitos práticos sobre como conviver melhor com a dor e propondo formas de lidar com a alimentação, exercícios físicos, sono e estresse, quem sofre com a dor de cabeça entenderá que tratamentos adequados existem, mas para alcançar a sonhada maior qualidade de vida é preciso conhecê-los.

GUEST BLOGGER: Dr. Abouch Valenty Krymchantowski é neurologista especializado em cefaléias e autor do livro Dor de cabeça e Enxaqueca, os caminhos para o alívio, ed. Espaço Editorial. Para saber mais: www.dordecabeca.com.br