Retomando a vida após os festejos de fim de ano, muitas pessoas podem sentir um grande entusiasmo diante das novas coisas que estão por vir. Outras, estarão sentindo exatamente o contrário: o ano novo traz apreensão e incerteza diante do futuro. De minha parte, sempre tive uma imagem lúdica na cabeça – o ano novo é uma longa escada com 365 degraus! Meu objetivo é subir um degrau de cada vez, sem olhar para os demais. Nunca senti medo, apreensão ou entusiasmo. A imagem revelava apenas que havia um trabalho a ser feito e do qual não se poderia fugir.

Pensando sobre essa metáfora me deparei com o anúncio da estréia do novo filme de Jim Carrey, Yes Man. O famoso ator interpreta Carl Allen, um homem de meia idade deprimido e sem vontade, que não sai nunca com os amigos e recusa todos os convites. Como para todo mundo sempre chega a hora de mudar, Carl decide inscrever-se num curso motivacional cujo objetivo é ensinar as pessoas a dizerem sim a qualquer tipo de coisa e pelo prazo de um ano.

Especialistas em cinematerapia já estão indicando o filme como útil para a alma, pois apresenta ao expectador o que os psicoterapeutas chamam de pista comportamental: uma técnica para enfrentar imprevistos e dificuldades da vida.

Identificando-se com as situações vividas pelo protagonista do filme, o público poderá se perguntar: quantas oportunidades perdi porque fui preguiçoso ou me senti inseguro? O que teria acontecido se eu tivesse dito sim naquela ocasião? A partir dessas indagações surge natural o estímulo para uma reflexão sobre o passado. Porém, nos primeiros degraus de um ano novo, importa mesmo é desenvolver a capacidade de olhar para o amanhã sem o medo de ousar.

Daqui dos primeiros degraus de minha longa escada, desejo-lhes um Feliz Amanhã todos os dias!

Veja o trailler do filme: