Com a chegada da primavera e a perspectiva de mais sol e calor, as academias e clínicas estéticas estão fervilhando. Mas não é só de dieta e músculos que se sobrevive no verão. A área de pele que estará exposta já está sendo analisada com alguma crítica. Podemos estar pensando que temos algum antepassado inglês e, por isso, o branco-escritório passou dos limites, ou que jamais teremos um bronzeado à altura porque, provavelmente, nossa semana de férias será premiada pelo mais alto índice pluviométrico do ano. Uma solução seria apelar para o bronzeamento artificial.

Depois das declarações do primeiro ministro italiano Silvio Berlusconi, sobre o tom de pele de Barack Obama, ser bronzeado nunca foi tão fashion! Aliás, talvez essa seja a razão porque tantos italianos desejam ter a pele morena por meios artificiais… Donatella Versace que o diga!

Porém, um grupo de biólogos, dermatologistas e epidemiologistas acabam de assinar um documento solicitando que o uso de lâmpadas para bronzeamento seja proibido para menores de 18 anos. O presidente da Sociedade para a pesquisa sobre o melanoma dos EUA explica que o bronzeamento e os tumores da pele iniciam da mesma forma: com um dano no DNA, provocado pelos raios ultravioletas.

Países como a França já possuem legislação sobre o assunto e a alternativa do bronzeamento artificial é proibida para menores. Os especialistas dizem que, na ausência de uma legislação, seria imprescindível avaliação prévia de um dermatologista, pois os efeitos dos raios UV dependem muito de fatores como o tipo de pele, a difusão de nevos e lesões e a presença de câncer de pele na família. Somente um médico pode dizer como e quando uma pessoa pode se expor ao sol ou às lâmpadas.

No Brasil, menores podem fazer bronzeamento artificial. As clínicas dizem que sempre há um médico para avaliação prévia. Mas, sendo menores e, em tese, relativamente incapazes para tomar decisões que importam para suas vidas, a opinião de um médico pode substituir a vontade de seus pais ou representantes legais, a quem incumbe o dever de zelar por suas saúdes e bem estar?

Veja o vídeo com a fala de Berlusconi e leia a tradução livre:

É certo que o fato de ter uma nova geração de políticos como aquela representada pelo presidente Dmitri Medvedev e Barack Obama é um bom ponto de partida. Penso, na verdade, estou certo, de que isso tornará as relações mais fáceis. Eu disse ao presidente russo que Obama tem tudo para dar certo com ele, porque é jovem, bonito e também bronzeado! Assim, penso que se possa desenvolver uma boa colaboração”.